segunda-feira, 23 de abril de 2018

Falha na perfeição

Bela concepção
Belo bebê
Belo crescimento

Linda família
Linda casa
Linda vizinhança

Bonito bairro
Bonito cidade
Bonito Estado

Agradável país
Agradável continente
Agradável planeta

Majestosa galáxia
Majestoso universo
Majestosa dimensão

Hmmm... Quem é você mesmo?

sexta-feira, 23 de março de 2018

Ilha - Primeira pessoa do singular

Um pedaço de terra,
moldado com coração, pulmões e outros órgãos.
É cercado de água por todos os lados,
dentro de 75% de outras terras

O sol psicológico ilumina sua mente,
despertando seus pedaços
A maresia preenche sua respiração,
enegrecendo seus pulmões e agravando sua voz para o mundo

Essa terra encontra-se isolada,
tacitamente,
num arquipélago de moradias

A chuva melancólica profunda precipita-se no seu corpo,
prostrando-o

Nenhum homem é uma ilha
Alguma ilha é um homem figurado

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Dever de casa

Lição 1: O caminho do comum,
peça na cintura por algum,
cujo o fim é ser nenhum

Lição 2: Na panela sem arroz,
tem a fúria da prole de nós dois,
que é deixada pra depois

Lição 3: Pobre no Brasil não tem vez,
logo amarga um futuro de talvez,
pois é engambelado, senhores políticos, por vocês

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Maná

Somos alimentados com ódio e crueldade,
somos equipados com fogo em tochas,
residimos em ocas feitas de sangue seco.

Nos deitamos em camas de cemitérios,
pois o ódio que nos alimenta mata nosso coração e sonhos,
restando somente matéria em decomposição.


O feng shui maldito urbanístico nos diz que massas sem rostos,
com corações, sonhos e dignidades,
desarmonizam nossas ruas.

A solução óbvia é fazer deixar de existir quem já não existe.

Magnífica sociedade modernizada, justa e democrática,
que entretém seu rebanho com mistérios cercados por cimento e tijolos,
adornados com preenchimentos de símbolos que conectam a figuras de doutrina.

Meus autofuncionários pseudo-patrióticos,
que se inflamam com suas tochas para atrair o maior público possível,
e entretém seus donos, que nada mais são que seus próprios bolsos.


O ódio não cabe mais no corpo, invadindo as ruas, se mesclando as massas.
O fogo se alastra violentamente para além das tochas, consumindo juízos,
éticas e o corpo alheio, até tomar todas as ruas.

Tão seco quanto as ocas são os corpos e mentes no futuro,
engolfados por rios de ódio e fogo,
que eventualmente consumirão a esfera que ficou oca,
seja a dentro do peito ou do universo.

sábado, 23 de dezembro de 2017

Aliterações - Acróstico

A preliminares para se eliminar elos enlouquecidos com a eloquência demasiada deduzida dentro de diegeses são:

Discordância de...
unanimidades
vacilantes
induzidas pelo
dimensionamento da obscuridade
ampliada por conta da
sapiência política de palavras

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Pseudo-meritocracia

Para coroa - o rei
Para homofobia - o gay

Para o homem - o reinado
Para mulher - o mero fardo

Para o branco - o padrão
Para o negro - a escravidão

Para o rico - o consorte
Para o pobre - a própria sorte

Para o cabelo europeu - o perfume de jasmim
Para o negro africano - a taxação de que é ruim

Para gostosa e esbelta - a capa de revista
Para gorda e desajeitada - o escárnio e o medo de ser vista

Para o garanhão e pegador - qualquer elogio que proponha
Para galinha e safada - vários nomes pela vergonha

Para princesa - o amor puro e estima
Para puta - o cafetão e a esquina

Para o próximo,
que também da Terra oriundo,
mais sorte não neste,
mas num outro mundo

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

(Verdades)

(Uma poetiza)
(Pois seu pai era um mundo sem formas)

(e da morte)
(anda normalmente por veredas)
(o mundo fora daquele que nasceu não a perdoa)

(Se sua roupa)
(para passar dos limites)
(se ela é), ("sinal vermelho")

(Porém, metade e inteiro) -

(está no banco dos réus)
(Bem como o valor)

(de origem)
(e pensando e confabulando)
(define)
(julga)
(o que basta)

(A régua me mede seu valor)

(mesmo quando é a primeira)

(Todos com ela são cavalheiros)
(e por conseguinte encaram a vida como uma justa)
(Se a vida é feita de metades complementares - de laranjas, de ideias, de almas, de amores, -)
(são incompletos)
(na próxima pessoa)

Translate